Tai chi: uma prática saudável para a longevidade

Tai chi: uma prática saudável para a longevidade
5 (100%) 2 votes

O Tai chi tem as suas raízes na China com base nas teorias Taoistas e na Alquimia. Esta técnica milenar é, na sua base uma arte marcial, mas confunde-se com uma dança, com ginástica para o corpo e para mente, é o fluir energético no sentido de equilibrar as emoções e os sentidos.

Caracteriza-se por movimentos lentos, suaves, circulares e silenciosos, que promovem o desbloqueio dos meridianos (canais energéticos). Estes movimentos são inspirados pelos ciclos da Natureza, pelos animais e interacção dos elementos naturais.

O Tai chi é uma meditação em movimento, pois exige concentração e libertação da mente. A mente vazia é a porta de entrada para o nosso mundo interno. E é ai, dentro de nós, no fundo dos nossos medos e anseios que habita o nosso verdadeiro Eu. E o Tai chi pretende abrir essa porta e convida, de forma subtil, todo o praticante a encontrar-se consigo próprio.

tai chiBenefícios do Tai chi

Entre os vários benefícios do Tai chi para o Sistema orgânico destaco:

  • A promoção da saúde coronária
  • Estimula o relaxamento
  • O aumento do fluxo sanguíneo que ajuda a melhorar problemas de circulação vascular e linfática
  • Aumenta a flexibilidade muscular e articular
  • Estimula o ciclo de respiração correto e saudável

Porquê praticar Tai chi?

O Tai chi é um exercício leve mas completo, revigorante e que nos ajuda a manter a juventude. A prática regular de Tai chi vai fazê-lo sentir mais jovem, com maior elasticidade e vontade de viver.

Esta é uma pratica que se estende para além da sequência de movimentos, é um estilo de vida. A pratica da tolerância, do auto-conhecimento e do amor é utilizar o Tai chi no quotidiano.

Quais as diferentes correntes do Tai chi?

Existem várias correntes de Tai chi, todas com a mesma base mas com estilos diferentes. O mesmo movimento pode ser realizado de formas diferentes com intenções diferentes e daí surgirem as várias correntes. No Tai chi chuan podemos distinguir 6 estilos básicos: o Chen, o Thssen, o Yang, o Wu, o Wu/Hao e o Sun.

Os 10 mandamentos do Tai chi

Segundo o Mestre Yang Chengfu, estes são os mandamentos para uma boa prática:

  1. A energia do topo da cabeça deve ser leve e sensível – A cabeça deve estar bem direita, assim a energia Shen fluirá melhor, promovendo a ligação do corpo às energias do céu e assim o esforço é reduzido aumentando a agilidade.
  2. O peito e as costas devem estar relaxados – Assim a energia fluirá melhor através da coluna vertebral e da medula óssea.
  3. A cintura governa todo o corpo – Ela deve estar relaxada para que o apoio dos pés seja realizado de forma eficaz.
  4. Conhecer a diferença entre “cheio” e “vazio” – Quando o peso está sobre a perna esquerda esta está “cheia”, estando a direita “vazia”. Compreendendo este conceito o equilíbrio melhora e o movimento torna-se mais fluido.
  5. Relaxar os ombros e os cotovelos – Deve evitar-se que estas estruturas fiquem rígidas e tensas para ajudar a que a energia circule de forma a concentrar-se nas mãos.
  6. O poder da mente é mais importante que a força muscular – Onde a mente conseguir chegar a força estará presente. O mais importante neste ponto é compreender a importância da mente criadora e a capacidade que esta tem para fazer fluir a energia.
  7. Coordenar os movimentos das pernas com os  dos braços – A sincronicidade dos movimentos entre mãos e pés é fundamental para o equilíbrio energético.
  8. Harmonizar o interior com o exterior – Isto permite movimentos leves e suaves pois a energia do Eu está conectada com a energia envolvente.
  9. Manter o movimento contínuo – Os movimentos do tai chi prevêem uma continuidade lógica que ajuda ao fluir da energia.
  10. Manter o movimento tranquilo – Isto permite assumir o controle sobre o movimento, tornando-o mais lento e fluido.

Autor: Patrícia Alexandra Aboim Rodrigues

Fisioterapeuta - especialização em Hidroterapia; Arte- terapeuta; Formadora; Professora de Danças Tradicionais; Instrutora de Aqua-Taichi; Prática regular de Tai-chi e Meditação; Participação em actividades de teatro amador; Sólidos conhecimentos de Produtos Naturais; Iniciada em Reiki; Participação em atividades de Cura Quântica e outras Terapias Alternativas; Principais Hobbies: Escrita, jardinagem, cozinha, leitura, e artesanato reciclado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *